Seguidores

2012/01/24

Qual é o melhor momento para ir spinnar?

Todos aqueles que gostam de pescar o Robalo ao spinning sabem que nem todas as horas são boas, como nem todas as praias, sabemos também que isto da pesca não é uma ciência exacta, podemos sempre tirar um Robalo em pleno dia numa praia mas o sucesso na pesca de robalos ao spinning passa por determinadas considerações que temos que ter em conta quando planeamos a nossa saída de pesca, considerações essas que aumentam muito a probabilidade de termos sucesso no nosso dia de pesca.


O Robalo é um predador e não têm horas para comer, deambula pela costa em busca das suas presas, sejam elas moluscos, crustáceos ou pequenos peixes, geralmente o Robalo procura as zonas onde a rebentação oxigena mais as aguas e põe a descoberto a comedia, no entanto a luz não lhe é favorável e por isso quando a luz do dia é forte procura águas mais profundas onde possa estar mais camuflado e onde os raios de luz solar não interfiram na sua caçada!

Por outro lado quando a intensidade de luz começa a diminuir o Robalo aproxima-se da costa com mais confiança, procurando a comedia nas praias junto às zonas oxigenadas da rebentação, nos caneiros por entre zonas rochosas e nas zonas mistas de rocha e areia, por essa razão podemos prever com alguma precisão o seu comportamento de caça e com isso aumentar a nossa hipótese de ter sucesso na nossa saída de pesca ao spinning!

O comportamento de caça do Robalo é também influenciado pela maré, sendo comum considerar-se as duas ultimas horas da vazante e as duas primeiras da enchente como as melhores, assim como as duas ultimas da enchente são consideradas horas de maior sucesso na pesca do Robalo ao spinning.

As marés de grande amplitude são também um factor a ter em consideração na pesca do Robalo ao spinning, essas grandes amplitudes ocorrem durante a lua nova e a lua cheia sendo os dois dias antes e depois de cada lua nova e cada lua cheia dias com as maiores amplitudes.

Desta forma tomando tudo em consideração os dias com marés de grande amplitude onde a baixa mar é coincidente com o amanhecer ou com o por do sol são os mais favoráveis a um bom dia de pesca, assim como os dias em que a preia-mar coincide com o amanhecer ou o anoitecer.

Também durante a noite o Robalo é bastante activo, sendo um dos melhores momentos para o pescar ao Spinning, por esse motivo quem possa passar uma noite em busca do Robalo junto ao mar beneficia da sua maior proximidade, os dias de lua com alguma luminosidade e mar calmo são excelentes, principalmente nas horas de ouro referidas anteriormente que nunca é de mais repetir, as duas ultimas da vazante, as duas primeiras da enchente e as duas ultimas da enchente.

Durante a noite deve haver um grande conhecimento do pesqueiro, o Mar não perdoa e nunca nos devemos aventurar em sítios que não conhecemos bem, principalmente de noite, lembrem-se que um peixe não vale uma vida e junto ao Mar todos os cuidados são poucos.

A pesca ao spinning não é uma ciência exacta no entanto podemos melhorar as nossas capturas se tomarmos em consideração o que foi descrito, o Robalo acaba por ser previsível, e dessa forma podemos melhorar as nossas pescarias aumentando o nosso prazer com esta maravilhosa pesca.

Mas para melhorarmos ainda mais o nosso nível devemos tomar notas das nossas pescarias, desta forma aconselho que se registe principalmente todas as capturas com data, hora, maré, altura, amplitude, vento, corrente, lua, cana, fio e amostra, toda essa informação será muito útil para pescarias futuras, quando arquivadas num histórico que poderá nos indicar ainda melhor o que fazer em determinado dia, uma forma fácil de registar as nossas saídas é usar um vídeo descritivo, evitando os apontamentos e gravamos tudo o que pretendemos!

Planear bem a nossa saída de pesca tendo em consideração o que foi descrito acima é um dever para que a nossa pescaria corra pelo melhor, como ajuda ao nosso planeamento podemos utilizar sites como o http://www.tabuademares.com ou o http://www.windguru.cz/pt/  que nos fornecem antecipadamente dados importantes referentes ao que iremos encontrar, nomeadamente hora das marés, amplitude da maré, lua, hora nascente e poente, actividade do peixe, altura da onda, direcção da onda, intensidade do vento, direcção do vento, entre outras informações também importantes, o que é sempre uma grande ajuda, principalmente para definir correctamente o pesqueiro sem que tenhamos surpresas à chegada.

Armando Sousa

7 comentários:

  1. Caro Armando,
    Li com todo o interesse o seu documento, e gostava de lhe apresentar sobre como abordar uma praia tipo Fonte da Telha, conhece a mesma?
    Que tipo de amostras aconselha para este tipo de praias. Existem dias em que as ondas começam a rebentar longe, digamos 100mt e desde aí até á margem é só espuma pegada!
    Cumprimentos
    Abilio

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Abilio,

      Embora tenha conhecido e pescado na fonte da telha há muitos anos, não me recordo muito bem da praia, já foi mesmo há muito tempo.

      Pescar na areia não é o meu forte, sinto-me como peixe fora de água pois pesco 98% das vezes em pedra.

      No entanto existem formas de abordar uma praia que podem dar frutos, a primeira regra é conhecer o local na maré baixa, ver até onde se pode avançar, onde se situam os cabeços de areia e por onde se fazem as escoas da água.

      Perceber onde estão os fundões e as escoas é um primeiro passo, observando a ondulação e a rebentação, existem pontos onde a onda não rebenta ou rebenta mais tarde, essas são geralmente zonas mais fundas.

      Se observarmos com atenção podemos perceber por onde a água escoa, e com essas indicações podemos determinar por onde pode andar o peixe, que geralmente está no fim das escoas à espera do que lhe traz o mar ou então o peixe entra nos fundões para predar o que por ai andar sem sofrer muito com a ondulação, o robalo é um predador e como tal usa sempre a lei do menor esforço para se alimentar.

      As zonas antes da rebentação também costumam ser quentes e é normal avistarem-se bons exemplares a caçar nas ondas antes delas rebentarem, se lá conseguir chegar com a amostra é óptimo.

      Mas o mais importante é de ir pescar, começar por observar e ir construindo o seu mapa do pesqueiro, tirando as suas conclusões e ao mesmo tempo ir falando com quem por lá anda, ouvindo e contrapondo opiniões.

      Quanto as amostras é um grande problema pois são tantas e tão diferentes que muitos têm as suas preferidas para cada zona, não há nada como experimentar, nas zonas com muita espuma use amostras brancas e as brancas de cabeça vermelha, cabeça dourada(têm a angel kiss) ou roxa(tem a rapala max rap), é um principio, depois vá variando, começando por cores mais naturais nas águas mais abertas ou limpas e depois nas águas mais tapadas opte por amostras mais garridas, alaranjadas, douradas, com a barriga rosada ou alaranjada.

      Quanto a marcas há muito por onde escolher, em areia eu gosto de duas, uma pela capacidade de lançar (As daiwa saltiga 14 ou 17) e outra por afundar e ser muito eficaz (as Lucky Craft FlashMinnow130), são amostras pró carote mas são as que eu uso, mas como disse a areia não é a minha especialidade.

      Espero ter ajudado,

      Um abraço,

      Eliminar
    2. Obrigado Armando,
      A razão porque eu falei da Fonte da Telha é porque eu moro relativamente próximo.
      Também gostava mais de uma zona de pedra, aí avançava com popers, ou chivos.
      Cumprimentos

      Eliminar
  2. Ola, meu nome é Moacir, sempre bom fazer trocas de conhecimento sobre os robalos, ja li varias ( quase todas rsrs ) materias sobre pesca esportiva de robalos.Se nao fosse a internet, o conhecimento que a pessoa aprende em 1 mes, demoraria anos para ter esses conhecimentos sobre a pesca de robalos.E uma das minhas experiencia , alem dos fatores para a pesca dos robalos que são : pressao , limpides, mares ,vento,correnteza e lua , conheci uma tabela atraves dessas materias que fala o dia e horario exato de maior atividade do peixe.. chama se TABUAS DE MARES PESCA DESPORTIVA. Vou citar só 1 das varias experiencia que tive com ela ..mes passado fui pescar no finalzinho da tarde e acabamos virando a noite tbm rsrsrs, (pesca foi produtiva) e no dia seguinte para pesca ,nao teria atividade dos peixes conforme a tabela, amanheceu uma linda manha, com vento fraco, agua limpa, tudo lindo para corricar, e mesmo cansado, dei varios arremeços e nenhuma batida, ai ajuntou o cansaço e o desanimo resolvi juntar minhas coisas ,pelo fato tambem que , conforme a tabela , nao treria atividade nenhuma dos peixes, Quando comecei a guardar as tralhas, vem chegando um japones pescador, sempre vem com 2 caixas de esopor, sendo uma das caixas com media de 100 camarao vivo.Como sou Tomezao , só acredito vendo, pensei, agora quero ver se essa tabela fala a verdade.Resumindo pois a historia é longa. camarao branco vivo no poço bom, nao dava nenhuma batida, camarao voltava inteiro, somente com as perninhas comidas , oooo dó.OBS:desculpe, sou novato, tenho muito que aprender, mas seria egoismo meu se nao passar essa informaçao dessa tabela aos amigos pescadores , adoro pesca noturna,ja estava bolando um jeito de levar uma bateria de caminhao na costeira para iluminar o poço a noite,e nessa materia acima, aprendi umas coisas simples, a luminosidade da lua , vamos tentar rsrs, só pesco em costeira, embarcado pra mim nao da, ja fui umas 200 x, e todas as x que fui, meu anus só nao saiu pela boca , porque estava grudado rsrsrs

    ResponderEliminar
  3. ola boas tardes
    vou comecar esta pratica sou pescador de fundo
    e gostava de saber a distancia que atinge um lancamento
    na tenho a nocao e acho que sao pequenas as distancias
    obrigado
    ass:filipe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipe, no spinning o lançamento depende de vários factores, da cana, da linha, da amostra e do carreto, com um conjunto adequado cana 3m e carreto Shimano 4000 faz lançamentos entre os 50 a 70 metros dependendo da amostra. Os multi-filamentos mais evoluídos permitem uma melhor saída de linha e melhores lançamentos, por outro lado as amostras mais aerodinâmicas, mais esguias e pesadas proporcionam os lançamentos mais longos.
      abraço

      Eliminar
  4. Boa noite
    Amigo armando Sousa,queria saber se tem conhecimento da pesca ao spininng
    Nas zonas entre Faro e Portimão, se tiver qual os melhores vinis pra pesca e k spots aconselha.
    Ass: Pedro rocha

    ResponderEliminar